Procuração Banco, modelo de procuração bancaria, particular e simples!

Procuração para Banco

A procuração banco é um documento de mandato em que uma pessoa - mandante - delega poderes a outra – mandatário - para que esta última pratique atos em seu nome.

Em um modelo de procuração bancaria, é necessário detalhar os poderes delegados e os órgãos bancários a que se referem, com o outorgado podendo abrir, movimentar e encerrar contas, emitir, endossar, descontar e assinar cheques, fazer depósitos, retiradas, transferências e aplicações, solicitar extratos de contas e talões de cheques, reconhecer, verificar e ou contestar saldos, solicitar/cadastrar senha e cartão magnético, solicitar senha para acesso a contas via internet, alegar e prestar declarações e informações, e tudo mais que seja necessário junto ao banco, seja ele estatal ou privado.

Modelos de Procuração para Banco

O Banco do Brasil disponibiliza em seu site um modelo de procuração para bancos, que pode ser acessada pelo endereço http://www.bb.com.br/portalbb/frm/fw0702304_1.jsp.

A procuração particular, cujo mandante não seja analfabeto nem incapaz, poderá ser utilizada, mesmo sendo uma procuração simples, desde que tenha firma registrada em cartório.

No corpo da procuração para banco é necessário detalhamento da seguinte maneira:

Pelo presente instrumento particular de Procuração, Fulano de Tal, brasileiro, solteiro, comerciante, residente e domiciliado na Rua X, nº1, nesta cidade, nomeia e constitui seu bastante procurador o Sr. Cicrano, brasileiro, casado, funcionário público, residente e domiciliado na Rua Y, nº 1, nesta cidade, para que o mesmo possa movimentar contas correntes cujo mandante seja titular, com plenos poderes para depositar e retirar dinheiro, requisitar talões de cheques, emitir e assinar cheques ou ordens de pagamento, liquidar e encerrar contas, dar e receber quitação, requerer e assinar o que for preciso para garantir o cumprimento deste mandato de procuração bancária.

Encerra-se o documento com o local, data e assinatura do mandante, com firma registrada em cartório.

Modelo 2

Por este instrumento particular, eu, abaixo assinado, .......................... (nome completo), nacionalidade ....................., estado civil ........................, profissão .........................., CPF nº ....................., RG nº ........................, residente e domiciliado à Rua ..........................., nº ......, na cidade de ..........................,  Estado de ........................... (se for empresa, substituir por: estabelecida à Rua ................................, nº......, na cidade de .........................., Estado de ........................, inscrita no CNPJ sob o nº ................................... e com contrato de constituição devidamente arquivado (ou registrado) na Junta Comercial do Estado (ou no Cartório de Registro de Títulos e Documentos), sob o nº ......................... (demais dados do arquivamento ou registro), nomeio e constituo meu bastante procurador .............................. (nome completo), nacionali­dade ................, estado civil ......................, profissão ......................, CPF nº ................................ RG nº......................, residente e domiciliado à Rua ........................., nº........, na cidade de ......................., Estado de ...................... , para lhe conferir amplos e ilimitados poderes para movimentar contas correntes, a prazo fixo, de caução e outras de qualquer espécie, nos bancos, casas bancárias e estabelecimentos de cré­dito em geral, desta praça (ou deste Estado), realizar com os mesmos quaisquer negócios ou transações bancárias, celebrar quaisquer contratos, inclusive de financiamentos, depositar e retirar dinheiro, títulos e valores, emitir, endossar e assinar cheques, sacar mesmo a descoberto, assinar pro­postas, contratos, cartas de ordem, papéis e quaisquer documentos, tomar saques, requisitar talões de cheques, liquidar e encerrar contas, reconhecer saldos, transigir, receber, pagar, passar recibos e dar e aceitar quitações.  

 

 

No caso do outorgante ou mandante ser analfabeto ou incapaz, a procuração particular não é suficiente, devendo proceder com procuração pública, lavrada em cartório.

Modelo de Procuração